Ícone

tratamentos

O implante dentário não têm contra indicação, e é possível de ser utilizado por pessoas que perderam apenas um ou todos os seus dentes.

A cirurgia de Implante dentário é simples, de nível ambulatorial, com anestesia local e duração de, aproximadamente, uma hora. A recuperação é tranqüila, desde que o paciente respeite as regras do pós-operatório, sobretudo no que diz respeito à alimentação, ao uso de medicamentos e à higienização da boca.

O implante é, sem dúvida, uma solução eficiente, pois apresenta resultados ótimos, duradouros e esteticamente perfeitos.

O IMPLANTE DENTÁRIO é cirurgicamente colocado no osso da mandíbula ou maxila, e um dente artifical é colocado sobre o implante, criando uma aparência natural. Após algumas semanas, o osso da pessoa se une ao implante, formando uma estrutura única, sendo por isto chamados IMPLANTES OSTEOINTEGRADOS.

Para receber um implante dentário, é preciso ter gengivas saudáveis e ossos adequados para sustentá-lo.Em geral, leva-se de 3 a 6 meses para que o implante cirúrgico seja cicatrizado antes da colocação do dente artificial.

Implante Dentário com dente artificial é o mais próximo de ser ter um dente natural. Eles são fortes, duráveis e praticamente imperceptíveis. Ao preencher o espaço entre os dentes, os implantes provêem melhor mastigação, resolvendo os problemas de mordida.

É uma solução bem melhor do que as dentaduras móveis. Estudos demonstram que os implantes dentários possuem taxas de sucesso acima de 90%, mas é importante que o paciente tenha consciência da necessidade de manter uma boa higiene oral e visitas periódicas ao seu dentista.

A carga imediata surge do reflexo dos tempos modernos. Nos últimos anos os avanços tecnológicos revolucionaram o mundo da dentária. A credibilidade alcançada pela ósseo integração (migração das células ósseas) motivou os investigadores a extrapolar a sua aplicação com o intuito de otimizar reabilitações. Este novo conceito da medicina dentária surge com o propósito de apresentar aos pacientes grande precisão, conforto e previsibilidade estética no tratamento fixo.

O tratamento carga imediata ou dentes no mesmo dia consiste em coroas ou ponte provisória que se fixam ao parafuso de titânio logo após a sua inserção no osso. As próteses utilizadas na carga imediata são provisórias e meses depois devem ser substituídas pelas definitivas.

Com esta técnica pode-se substituir um dente à frente com grande rapidez. Enquanto no método convencional é necessário um tempo de espera para regeneração óssea (união definitiva entre o osso e o implante), cerca de dois a quatro meses até ser possível confecionar a prótese definitiva, na carga imediata fixa-se uma coroa provisória após cirurgia e a pessoa não precisa de usar próteses removíveis de substituição.

A prótese dentária deve ser colocada em casos em que há uma ausência parcial ou total de dentes. É um método para a substituição de dentes naturais que ao longo dos anos se tem comprovado como sendo eficaz e mais acessível do que outros métodos como por exemplo os implantes dentários.

A colocação de uma prótese torna-se fundamental para devolver as funções mastigatórias, a estética e até melhorar a dicção.

O funcionamento de qualquer prótese dentária é bem simples: tratasse de um “dispositivo” artificial que permite substituir os seus dentes. É apenas e só uma estrutura acrílica (com ou sem uma parte metálica) que se ajusta aos seus maxilares, fixando-se com a ajuda dos tecidos moles, da estrutura óssea adjacente, do vácuo, ou ainda de uma componente metálica e que o ajudará a substituir de uma forma eficaz os dentes que lhe faltam.

São construídas através de um molde, por laboratórios de prótese dentária especializados e com recurso às mais modernas tecnologias.

A Prótese sobre implantes é a substituição de dentes ausentes utilizando pinos de implantes como sustentação. Trata-se de um procedimento seguro e confiável, desde que executado por um profissional competente que utilize um implante dentário da melhor qualidade e procedência.

Este tratamento possui como principal objetivo a reabilitação bucal, em todas as suas funções: estética, fonética e mastigação. Além disso, o tratamento ajuda a repor de forma indireta os dentes ausentes ou perdidos.

Todos os dentes fixos sobre implantes, solução para próteses soltas ou na perda de todos os dentes

Próteses totais, popularmente conhecidas como dentaduras, são substitutos para os dentes ausentes que podem ser retiradas e recolocadas na boca.

Embora leve algum tempo para que a pessoa consiga se habituar a utilizá-las, e embora nunca sejam exatamente iguais aos dentes naturais, atualmente elas oferecem uma aparência mais natural e maior conforto quando comparadas a aquelas de alguns anos atrás. No caso de próteses totais, uma base acrílica da cor da mucosa bucal se apoia sobre sua gengiva. A base da prótese superior cobre todo o palato (céu da boca), enquanto que a prótese inferior é confeccionada na forma de uma ferradura, a fim de permitir espaço livre para acomodar sua língua.

As próteses são feitas sob medida em laboratorio, a partir de moldes tirados de sua boca. O dentista irá determinar qual dos três tipos de próteses descritas abaixo é o melhor para você:

Prótese Total Definitiva: A prótese total convencional é colocada em sua boca depois que os dentes remanescentes foram extraídos e os tecidos cicatrizarem. A cicatrização pode demorar vários meses durante os quais você poderá ficar sem dentes.

Prótese Total Imediata: A prótese total imediata é instalada imediatamente após a extração dos dentes remanescentes. O dentista tira as medidas e faz as moldagens de seus ossos maxilares durante a consulta. A razão para isto é que o osso no qual os dentes estavam inseridos sofre uma mudança após a cicatrização, fazendo com que a prótese fique sem estabilidade.

As próteses são peças confeccionais com a finalidade de repor dentes ausentes e trazer mais beleza ao sorriso do paciente. Para este procedimento, existem dois tipos de próteses: Prótese total e Prótese parcial.

As Próteses Totais (dentaduras) são aquelas que repõem todos os dentes de uma vez. Elas são feitas com dentes artificiais em resina e uma estrutura em um plástico muito resistente com coloração rósea, que imita a gengiva. A mobilidade da prótese pode promover feridas na boca algumas vezes o que torna o seu uso desconfortável. Na arcada superior exige o recobrimento total do palato.

O uso de Próteses removíveis não interrompe a atrofia óssea, o que acontece somente com implantes. Uma atrofia muito acentuada pode inviabilizar a colocação posterior de implantes, ou tornar a prótese solta com o tempo.

As melhores alternativas para o uso de próteses são aquelas que envolvem implantes. Implantes dentários são uma excelente forma de solucionar a falta de dentes e problemas de mastigação. Consiste em raízes artificiais que são instaladas de forma muito simples, rápida e indolor, no osso maxilar para repor um ou mais dentes perdidos. Posteriormente é fixado um dente, buscando obter uma aparência natural.

É uma armação metálica com dentes artificiais. Embora removível, ela é seguramente encaixada à boca por meio de grampos que enlaçam os dentes naturais adjacentes e, ainda, por meio do apoio da gengiva.

As próteses móveis podem ser definitivas e provisórias. Nas definitivas temos a presença de uma estrutura metálica com grampos e apoios e na prótese provisória temos a resina acrílica.

A endodontia é o ramo da Odontologia que trata das lesões e doenças da polpa (nervo) e da raiz do dente. Popularmente, endodontia também é chamada de tratamento de canal. O tratamento consiste na remoção do tecido mole (polpa) que se encontra na parte interna (canal) do dente e pode estar vivo, sadio, inflamado, infectado ou necrosado (morto).

Depois de se remover esse tecido, o dentista esteriliza o canal preenchendo-o com obturação em material específico.

Tratar o canal do dente lesionado é importante para evitar a necessidade de extração e ´prevenir infecções que podem ser muito perigosa.

Periodontia, periodontologia ou raspagem é o tratamento que visa a cura de processos inflamatórios e infecciosos da gengiva.

A gengiva é o tecido que reveste o osso que sustenta os dentes. Em virtude da má higiene, do fumo, do stress, da baixa imunidade e de maus hábitos alimentares, a gengiva fica fragilizada às infecções decorrentes de bactérias.

Por que realizar um tratamento de periodontia?

- Remoção de placa bacteriana e cálculos dentários;
– Diminuição do grau de infecção bucal;
– Cura do processo inflamatório / infeccioso;
- Prevenção contra doenças que provocam perda de dentes.

Essa é a área da Odontologia que estuda o crescimento e desenvolvimento da face, bem como o desenvolvimento das dentições decídua (de leite), mista e permanente e seus desvios de normalidade, prevenindo, interceptando e corrigindo as más oclusões dentárias.

A função principal do tratamento ortodôntico é restabelecer a oclusão dentária (perfeito engrenamento dos dentes superiores com os inferiores), que é fundamental para a correta mastigação e, consequentemente, a adequada nutrição e saúde bucal.

Com o restabelecimento da oclusão, evitam-se problemas relativos à respiração, deglutição, fala e articulação temporomandibular (ATM).

Não existe idade máxima para a realização de tratamento ortodôntico, embora no paciente adulto alguns cuidados especiais devam ser tomados, principalmente em relação aos tecidos de suporte dos dentes, que podem chegar a contraindicar o tratamento (problemas periodontais).

Neste tipo de aparelho os brackets são feitos com materiais que imitam a cor dos dentes, por isso ficam bem mais discretos que os brackets metálicos.

Os brackets estéticos são fabricados com os mesmos parâmetros dos metálicos e podem ser usados normalmente para tratar todos os problemas ortodônticos.

Procedimentos odontológicos – preventivos e curativos. Restaurações, extrações, profilaxias, aplicações de flúor, exames clínicos e radiológicos para detectar lesões bucais e orientações sobre saúde bucal estão entre os procedimentos do dia a dia da clínica geral odontológica.

É o momento em que as necessidades odontológicas do paciente são observadas, tratadas (as que estão no seu âmbito de atuação) e encaminhadas para as outras especialidades odontológicas necessárias.

É extremamente importante consultar regularmente um clínico geral porque é ele quem avalia sua higienização, identifica a presença de cáries ou problemas de gengiva, realiza o controle radiográfico dos dentes, verifica necessidades estéticas e checa possíveis problemas de oclusão (mordida).

A odontologia estética é a parte da odontologia que cuida da cosmética do sorriso. Várias especialidades contribuem, cada uma na sua área, para a transformação do sorriso. Clareamento dental, restaurações estéticas de resina na cor do seu dente, facetas de porcelana e lentes de contato dentais são alguns exemplos dos tratamentos da odontologia estética. A estética odontológica deixou de ser uma questão apenas de vaidade e se tornou uma questão de saúde. Como profissionais da área da saúde, os cirurgiões-dentistas da Você Sorri Odontologia estão preocupados não só com a questão biológica e funcional da boca mas também com a saúde psicológica dos pacientes.

O clareamento dental a laser é o tipo de clareamento adequado para quem busca o branqueamento do sorriso.

Padrões estéticos de beleza vão se alterando através dos tempos. Hoje em dia, o nível de clareza dos dentes faz parte do repertório de signos de beleza. Em relação a isso, pacientes percebem alguns benefícios, tais como a melhoria estética e aumento da autoestima e confiança.

Os dentes serão clareados através de pastas oxidantes liberadoras de oxigênio. O dentista isola os dentes para proteger a gengiva e aplica um agente clareador, que recebe um feixe de luz provocando uma reação química que possibilita o branqueamento dos dentes.

O clareamento a gel (ou clareamento caseiro) é uma das formas mais utilizadas para se fazer um branqueamento dentário pois oferece várias vantagens, como a possibilidade de fazer o branqueamento no conforto da sua casa. Os dentes podem ser clareados através de géis liberadores de oxigênio, o paciente molda uma placa de clareamento que será confeccionada em laboratório. Junto do gel clareador, o paciente usará a placa em casa durante o período determinado pelo dentista.

Também conhecida como Exodontia, a extração dental é a remoção do elemento dentário (dente).

Um dente apenas deve ser extraído com orientação profissional. É importante realizar os procedimentos cirúrgicos para evitar alguns problemas sérios como, por exemplo, a formação de cistos, tumores e infecções. Em estágio acelerado esses problemas podem causar distúrbios sistêmicos muito graves.

Doença periodontal é uma infecção bacteriana grave que afeta o tecido da gengiva e estrutura óssea dos dentes, causando inflamação, vermelhidão, inchaço e perda óssea ao redor dos dentes. A doença periodontal pode afetar um ou vários dentes na boca. O NIH- National Institutes of Health informa que 80 por cento dos adultos nos Estados Unidos têm algum tipo de doença periodontal.

Tipos de cirurgia periondontais:
- Retalho gengival
- Gengivectomia
- Gengivoplastia

Após a cirurgia, é importante que o periodontista explique a você como limpar os dentes e gengivas usando uma escova e um creme dental antimicrobiano com flúor, enxaguante antibacteriano e fio dental. Consulte seu dentista para obter mais informações sobre como cuidar de sua gengiva e seus dentes após a cirurgia.

Um dos procedimentos mais avançados na estética bucal atual é o uso das facetas de porcelana, consideradas por muitos profissionais como o avanço científico do século na área de odontologia e estética. Atualmente é o procedimento estético mais procurado por pessoas cujo trabalho está ligado à aparência e muitas vezes o relacionado com a autoestima.

As facetas de porcelana podem melhorar muito o sorriso de uma pessoa, recuperando também a autoconfiança e autoestima, já que podem clarear os dentes, corrigir a dentição torta e manchada, diminuir a distância entre os dentes, aumentar o tamanho, corrigir curvatura, melhorar o formato, solucionar a aparência do esmalte dental desgastado, entre tantas outras indicações.

As lentes de contato têm sido a grande procura do momento. Essa técnica tem como objetivo corrigir defeitos e melhorar a forma e a cor dos dentes. É indicado para pacientes com dentes fraturados, escurecidos, levemente desalinhados, dentes anteriores com defeitos no esmalte e superfície danificada por fraturas, fissuras ou simplesmente por quem quer um sorriso mais harmonioso.

O procedimento para colocá-las é simples e eficaz. Quando o caso permite, são feitos desgastes mínimos na superfície dental. Uma vez provadas e aprovadas, as lentes são aderidas aos dentes por meio de um processo de adesão química de última geração em que a porcelana se fixa de forma muito segura.

Marque sua consulta online

Faça em apenas alguns cliques tudo prático e fácil para você

marcar agora
Receba informativos exclusivos da Você Sorri
Digite seu e-mail Formato de e-mail inválido

© 2015 Você Sorri Odontologia | CNPJ 10.663.424/0001-90

Acompanhe nas redes sociais